14 de mar de 2009

Poema de Amor



"Eu queria ser parceira de suas alegrias
O ombro de suas infelicidades
O motivo de cada sorriso
E a razão de sua saudade.
És do poeta a inspiração
Da música a própria canção
O néctar da mais bela flor
Do mundo, meu grande amor.
És o poema que nunca foi lido
O sonho que não quero acordar
Do amor, o próprio cupido
Minha vida, o meu sol, o meu ar.
Se tivesse eu o dom da poesia
Para em uma só palavra descrever o amor
Este nome o seu seria
Eu o faria, em verso ou prosa
Como faz o trovador.
Mas como na poesia não posso me apoiar
Apenas três palavras queria dissertar...
Eu te amo
Mesmo sem você acreditar!"


(Desconheço autoria)

.

2 comentários:

Marco islAa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gi disse...

Que lindo Lilian!
É de sua autoria?
Parabéns! ^^

P.S. Tem uma coisa para vc no meu blog, visse?! ^~